Sobre

Zero Fósseis é uma campanha mundial liderada por grupos locais que exigem que nossas comunidades e instituições locais se comprometam a:

  1. Uma transição rápida + justa para 100% de energia livre e renovável para todos
  2. Nenhum novo projeto de combustíveis fósseis em nenhum lugar.
  3. Nem mais um centavo para a energia suja

Somos um movimento poderoso de cidadãos do mundo todo que trabalham para construir um futuro livre dos impactos destrutivos das mudanças climáticas e livre das corporações gigantescas e incontroláveis que as causaram.

Como funciona?

Zero Fósseis é uma campanha para alavancar nosso poder onde ele é mais eficaz — em nossas comunidades locais. Pequenos grupos de pessoas que se reúnem estão transformando suas comunidades e o mundo. Juntamos todo esse poder em um movimento mundial conectado, que compartilha ferramentas, táticas e uma visão empolgante para nosso mundo.

Fazemos campanhas para tirar tudo que a indústria dos combustíveis fósseis precisa para crescer e sobreviver: sua licença social, sua licença política e seu dinheiro. Nós nos organizamos em nossas comunidades para interromper ou proibir novas infraestruturas de carvão, petróleo e gás. 

Organizamos e direcionamos o enorme apoio público às energias renováveis ​​em compromissos executáveis ​​por nossas instituições locais em busca de uma energia 100% livre e renovável. Além de transformar nosso sistema de energia, esses compromissos apoiam e reciclam os trabalhadores afetados pelas mudanças, além de devolver às pessoas o domínio sobre a energia.

“Construir nosso celeiro de energia” colocado no caminho do oleoduto Keystone XL, na propriedade da família Hammond, perto de York, Nebraska. Foto: Mary Anne Andrei/Bold Nebraska.

Princípios


Princípio nº 1:

Todos são bem-vindos.

A mudança climática não é apenas uma questão ambiental, nem uma questão de justiça social, nem uma questão econômica — é tudo isso junto. É um dos maiores desafios que a humanidade já enfrentou, e teremos que trabalhar juntos para resolvê-lo.

Este movimento acolhe ativamente os talentos, a energia e o compromisso de todos os indivíduos que oferecem seu tempo, independente de sua origem, etnia, crença religiosa ou espiritual, gênero e orientação sexual. Reagimos imediatamente contra o ódio e a discriminação.

 

Princípio nº 2:

Somos todos líderes.

Cada grupo tem o poder de decidir sua própria organização, facilitação, tomada de decisão, comunicações, táticas e ações. Somos todos responsáveis ​​coletivamente por garantir o respeito aos nossos valores e princípios de organização compartilhados.

 

Princípio nº 3:

Agimos.

É através da ação que construímos o apoio público à nossa causa. E reconhecemos a importância de escalar essas ações quando nossas demandas não são atendidas.

Estamos empenhados em manter a disciplina não-violenta em todas as nossas ações. Apoiamos aqueles que tomam ações diretas e respeitamos aqueles que não estão em condições de participar. Encorajamos uma grande variedade de táticas — isso fortalece nosso movimento.

História

A Zero Fósseis começou em 2012 como uma campanha para pressionar as instituições a desinvestirem dos combustíveis fósseis, aproveitando o trabalho de campanhas pelo desinvestimento organizadas por universidades e lideradas por estudantes.

A campanha se espalhou com rapidez a muitas partes do mundo e, em 2015, milhares de campanhas de desinvestimento já estavam em andamento, ajudando a mudar a opinião pública a favor de manter os combustíveis fósseis no subsolo e destacando a urgência moral da ação climática.

O desinvestimento continua sendo uma parte fundamental da campanha Zero Fósseis, e você pode aprender mais sobre a tática e seus resultados de sucesso aqui.

Com um progresso dolorosamente lento em nível nacional e internacional, a campanha Zero Fósseis entrou em uma nova fase no início de 2018, expandindo-se para além do desinvestimento a fim de abranger novas demandas, táticas e ferramentas, além do objetivo de impedir todos os novos projetos de combustíveis fósseis até 2020.

FacebookTwitter