Nós podemos
construir um
mundo
Zero Fósseis

Estado a estado, cidade a cidade, estamos terminando a era dos combustíveis fósseis e construindo um mundo de energia livre e renovável liderada pelas comunidades.

Para conter o caos climático, promover a justiça ambiental e social e cumprir o Acordo de Paris, precisamos deixar o petróleo, o gás e o carvão no chão, impedindo novos projetos fósseis e promovendo uma rápida transição para fontes de energia livre. Essa é a nossa missão e queremos seguir em frente com você ao nosso lado.

E por que energia livre? Entendemos que para alcançar a justiça climática, é necessário o investimento e disseminação de fontes de energia renováveis e sustentáveis, descentralizadas e geradas localmente, emponderando as pessoas com independência e autonomia. A energia livre tem baixo impacto social e ambiental, é mais eficiente e deixa o conhecimento e tecnologia na comunidade.

Nós usamos esse conceito como uma alternativa ao modelo de energia concentrada, promovido por grandes corporações. Podemos pensar, junt@s, em modelos que permitam a autogeração o desenvolvimento econômico-energético. Para o bem do nosso planeta. Para o bem das comunidades.

E como faremos isso? Atuando com pessoas do mundo todo, construindo um movimento global para atacar a indústria dos combustíveis fósseis por todas as direções possíveis. E nós já estamos caminhando nessa direção. Vem com a gente?

Participe do Zero Fósseis

Una-se ao
Zero
Fósseis

Nós exigimos uma transição rápida e justa para um mundo livre de combustíveis fósseis.

Juntos, acabaremos com o uso de combustíveis fósseis e realizaremos a transição de nosso mundo para 100% de energia livre para todos. E estamos conclamando os políticos a seguirem nosso caminho.

Atravessamos os anos mais quentes da história da humanidade. Furacões, enchentes e secas cada vez mais extremos estão destruindo nossos lares e países. A crise climática não é mais uma ameaça futura: é um perigo claro e presente.

Mas podemos ver uma nova esperança ao nosso redor. Em cada país, pessoas comuns estão demonstrando verdadeira liderança climática, manifestando-se contra projetos de exploração de carvão, petróleo e gás, retirando seu dinheiro dos combustíveis fósseis e criando energias renováveis limpas e justas para todos.

Dois anos atrás, em Paris, França, governantes do mundo todo assumiram o compromisso histórico de proteger nosso planeta e mantê-lo com uma temperatura que permita a continuação da vida. Mas suas ações não estão de acordo com suas palavras. Os países continuam a aprovar novos projetos de exploração de carvão, petróleo e gás e a investir bilhões em combustíveis fósseis.

Então, cabe a nós lutar contra a corrupta indústria dos combustíveis fósseis e seus aliados políticos e financeiros, tornando real a mudança que buscamos. Nossas ambições são globais, mas agimos localmente, em conjunto, para criar o futuro livre de combustíveis fósseis de que precisamos.

Você pode editar este texto para que ele traga uma mensagem pessoal.

A 350.org enviará a você atualizações e notificações sobre como você pode participar da campanha Zero Fósseis perto de você

Olá !

Guardamos as suas informações de contato da última vez que você esteve por aqui. Por favor, clique no botão abaixo para continuar.

Não é ? Log out

Ao tomar essa ação, você está concordando com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição quando quiser.

Ao tomar essa ação, você está concordando com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade. Você pode cancelar sua inscrição quando quiser.

CAMPANHAS + PROJETOs

Não Fracking Brasil

A campanha Não Fracking Brasil começou em 2013, e desde então tem como objetivo alertar a população dos riscos e impactos da técnica não convencional de extração de petróleo e gás pelo método do fraturamento hidráulico – o fracking. Agimos também localmente, apresentado projeto de lei que proíbe esse tipo de exploração. No total, aproximadamente 350 cidades brasileiras já baniram o fracking. Saiba mais →


#LeilãoFóssilNão

Lugar de petróleo, gás e carvão é no chão! Não podemos permitir que nossas terras sejam leiloadas para essa exploração. Os leilões fósseis desconsideram a demanda global por um novo modelo de desenvolvimento econômico-energético e ainda estimulam a corrupção. A verdade é que esses leilões precisam acabar. Para isso, nós levantamos nossas vozes para mostrar que queremos um futuro livre dos combustíveis fósseis. Saiba mais →


MP do Trilhão

A Medida Provisória 795/2017 institui regime tributário especial para as atividades de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos. Isso significa mais incentivos fiscais para as petroleiras durante suas atividades no Brasil, além de fortalecer o setor que mais polui o planeta: o de petróleo e gás. Vamos juntos derrubar a MP do Trilhão! Saiba mais →


Virada Climática

A Virada Climática é um modelo de ação idealizado pela 350.org Brasil para conscientizar a população dos impactos das mudanças climáticas, intensificadas pela exploração dos combustíveis fósseis, que emitem os gases-estufa causadores do aquecimento global. Saiba mais →

Termelétricas, NÃO!

Enfrentamos a indústria de combustíveis fósseis para que ela pare com projetos em carvão, petróleo e gás e promova energia livre e limpa para todos. Uma das principais ameaças a este movimento no Brasil é o incentivo à construção de novas usinas termelétricas. Saiba mais →


Desinvestimento

A campanha global pelo Desinvestimento pede a instituições – igrejas, escolas, universidades, governos – e indivíduos para que retirem seus investimentos em projetos ligados a combustíveis fósseis, e redirecionem esses fundos para iniciativas com energias renováveis. Ao redor do mundo, mais de 700 instituições em 76 países já aderiram, o que soma mais de U$5 trilhões já retirados de projetos com carvão, petróleo e gás. Saiba mais →


Aquífero Gurani

O Aquífero Guarani é uma das principais reservas de água doce do planeta, com presença na Argentina, Uruguai, Paraguai e Brasil, e corre o risco de ser contaminado pela indústria do petróleo e pelo prejudicial método de exploração conhecido como fracking. Saiba mais →


Diocese de baixo carbono

A Diocese Divino Espírito Santo de Umuarama foi a primeira instituição da América Latina a aderir à campanha do desinvestimento, com o projeto de se tornar uma Diocese de Baixo Carbono. Através de seu bispo, Dom João Mamede Filho, ela se comprometeu a reduzir as atividades poluentes ligadas aos hidrocarbonetos, além de conscientizar os membros da Igreja sobre os impactos do aquecimento global e a importância do incentivo às fontes renováveis de energia. Saiba mais →

#ZeroFósseis nas redes sociais

Updates

Dependência total dos fósseis paralisa o Brasil*

*Artigo originalmente publicado na Revista Página 22 A crise no abastecimento de combustível que tomou conta do país nos últimos

Chegou a hora do Vaticano desinvestir dos combustíveis fósseis.

Há muitos anos que os religiosos reconhecem que o chamado para cuidar daqueles às margens da sociedade é a chave

México aprova exploração por fracking

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, aprovou no último dia 02 de março a técnica do fraturamento hidráulico, mais

350.org amplia atuação na América Latina

  Como parte do trabalho em defesa do Aquífero Guarani, e do esforço da 350.org em expandir a campanha Zero

FacebookTwitter